1 de fev de 2011

O Corvo de James O'Barr: uma história trágica e misteriosa nos quadrinhos e na vida real

Um músico de rock e sua noiva são assassinados por um grupo de criminosos na véspera do casamento, na Noite dos Demônios, dia anterior ao Halloween. Um ano depois, esse músico chamado Eric Draven volta para se vingar daqueles que cometeram o assassinato. 
Eric é guiado por um corvo ao local onde o crime foi realizado e ele aos poucos vai lembrando do trágico assassinato. Ele pinta seu rosto com traços de um palhaço e vai em busca dos assassinos, prontos para matar um por um.
Essa história não é trágica apenas na ficção. Na vida real, é trágica duas vezes: com o autor que escreveu essa história e com o ator que interpretou o personagem principal no cinema.
Quem leu as primeiras linhas desse texto já deve imaginar que trata-se da história dos quadrinhos de O Corvo (The Crow), criado por James O'Barr. 



Em 1978, O'Barr perdeu sua noiva em um acidente de carro e começou a criar a história de O Corvo, como uma forma de lidar com a tragédia pessoal.
Mas as tragédias parecem perseguir o que está relacionado ao trabalho  de O Corvo. Em 1993, o cineasta Alex Proyas decidiu passar para as telas de cinema os quadrinhos de James O'Barr. O primeiro filme teve como ator principal, Brandon Lee, filho do mestre das artes marciais, Bruce Lee.


Misteriosamente durante as gravações, em uma cena que Eric Draven seria morto por um tiro, Brandon Lee foi realmente morto durante a cena...A bala atingiu o pulmão do ator, e ele foi levado às pressas ao hospital, mas já era tarde demais...Os negativos com os registros de sua morte foram destruídos e nunca revelados.
Coincidentemente, Brandon Lee tinha uma noiva na vida real e iriam se casar assim que terminassem as gravações de O Corvo.
Toda essa relação de noivas, morte e mistério ronda os quadrinhos de O Corvo e a vida real,com o que estiver relacionado a essa história.
Tanto os quadrinhos como o filme tem um visual bem gótico e sombrio. Apesar do acidente nas filmagens, Alex Proyas decidiu concluir as gravações do filme com dublês para finalizar as poucas cenas que faltavam de Eric Draven. Proyas dedicou o filme em homenagem à Brandon Lee e sua noiva, Eliza Hutton.



O filme também teve outras versões com atores como Vincent Perez e Mark Dadascos.
Recentemente foi divulgado que terá uma regravação do filme O Corvo, mas ainda não foi decidido o ator que interpretará o papel principal.Um dos atores que já apareceram na lista para ser Eric Draven é Mark Walberg, mas  não está nada confirmado.
Contudo, o primeiro filme é ainda é lembrado com carinho pelos fãs dos quadrinhos de James O'Barr.

29 comentários:

Natasha Piervy disse...

Olá nós do blog Madness gostamos do seu blog e por isso estamos
te seguindo e gostariamos que você nos seguisse.

o Blog Madness agora está no twitter também,
gostaria de seguir a gente?
Seguimos de volta.

Gostaria de fazer parceria por banner?
Se quiser deixe um comentário em nosso blog
sobre a parceria
Agradecemos desde já.

Eu adora esse filme do corvo, nossa mas eu não sabia dessa história dele não, que coincidência.
Loucura.

Twitter do Blog Madness
http://www.twitter.com/blogmadness

Blog Madness.
http://www.insannidad.blogspot.com

Leka disse...

Adoro O personagem do corvo...bem sombrio mesmo.
Não sabia que o ator tinha morrido nas filmagens...adoro o filme!

bjuuus!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Luciano Oliveira disse...

Cara! Esse filme marcou muito para mim. Foi o primeiro filme que realmente gostei e me inspirou bastante nos meus tempos de "o cara mal" (hehehe), o cara gótico.

Quem nunca viu, o que é difíficl, pode baixar! Recomendo!


PODIA ACABAR O MUNDO

Thiane farias disse...

adorei a historia nao conhecia para mim é novo bjs e obrigada pela visitinha.

Bruno JP Teixeira disse...

Já conheço bem a história, mas ainda não assisti os filmes...bem sinistro, sinistroso da sinistralidade.

Abrçs.
Bruno JP Teixeira - O Portuga
http://brunojpteixeira.blogspot.com/

Jenny' disse...

LOL

Nicelle Almeida disse...

Gente, que história incrivel.
Não sabia dessa dos bastidores...tudo bem misterioso mesmo, ein.

Beijos, minha flor.

Te espero lá no blog ;)

www.nicellealmeida.blogspot.com

Leo Mad disse...

Olá já te mandamos um email sobre a parceria.
Nosso email é blogmadness@yahoo.com.br
Agradecemos desde já

Blog Madness.
http://www.insannidad.blogspot.com

Inominável Ser disse...

Não há substituto à altura de Brandon Lee para o papel de Eric Draven. Eternamente, ele será O Corvo, o único, o original, o maior de todos, em um filme que é um dos maiores clássicos noir de todos os tempos.

Um dos meus filmes preferidos, com uma atuação memorável de Brandon Lee, imortalizado em um dos maiores papéis do Cinema.

Alquimista de Sonhos disse...

Cara, que tenso '-'

Amanda Távora disse...

Só passei para avisar que no All My Love está com a sua primeira promoção (:
Entrem lá serão quatro ganhadores e cada um ganhará 2 livros.

Beijos Amanda
http://amandatavora.blogspot.com

Lord Daniel Salem, Príncipe da deusa Nyx disse...

belíssima postagem meu amigo!
Faz muito tempo eu li o HQ do Corvo.
Eu tenho o filme!
O Brandon Lee é o Corvo, e sempre será!

Abraço!

Laura Ribeiro disse...

Trágico e triste mesmo!!! Ainda não achei esse filme, quero ver há muito muito tempo.

Adorei o post!
Um abraço!!!
http://docetortura.blogspot.com

ca28ju disse...

Obrigada pela visita no meu blog!
já estou seguindo!
bjs

www.olhinhosdacaju.blogspot.com

Aмbзr Ѽ disse...

o corvo com mark walberg? adoro... adoraria. pra mim o vicent ficou mais marcado como corvo. bjs.


http://terza-rima.blogspot.com/

EnigmA disse...

Perfeito o post e mais uma dica:
http://www.hollywood-is-dead.com/gallery
vi no "Medo B"

http://allanpoe4.blogspot.com/

Mayara Azalscky disse...

obrigada por comentar.
beijoos
tenha um bom dia.

Marcelly Rosa disse...

amo ja assisti Dez mil vezes

Tem Novo Post:
Visita Lá

BeiJos Cor De Rosa...!

hppt://marcellyrosa.blogspot.com

Nicelle Almeida disse...

Minha flor,
Tem post novo lá no blog.

Te espero ;)

Beijos!!!

www.nicellealmeida.blogspot.com

~^~ Lena Lopez ~^~ disse...

Oi,
Obrigado pela visita!
Gostei do teu blog, gótico e sombrio, voltarei mais vezes.
BJOS
Lena

Fran disse...

Obrigada pela visitinha!! Já estou seguindo!!

http://franliviapalito.blogspot.com/

Bjokitaas!!

Gothic man fire disse...

Sou fan Do The Crow : ]

Deze disse...

Outro dia mesmo tava procurando saber mais sobre a história do filme, mas não sabia que era baseado em HQ, descobri nessas minhas pesquisas.
Adorei o post! =D
Beijos

Manu disse...

Oi!
Adorei o post. Assisti o filme com Brandon Lee a muito tempo, mas achei muito interessante.

Há dias visito o seu blog, mas hoje deixo comentários. ^^
Abraços!

Sana Steimend disse...

Eu gosto da história do corvo. Lembro quando li anos atrás uma entrevista com o autor falando de quando ele perdeu a noiva e tal. Bem legal.

Luna disse...

The Crow… à mais ou menos um ano atrás, falando pelo msn com um amigo, eu apercebi-me que ainda só tinha visto um dos filmes. Uma coisa absurda. Então, acabei por arranjá-los todos, e assim passei uma noite. Nas histórias do Corvo há um misto de histórias de amor banhadas por sentimentos de vingança e justiça, colmatadas pelo misterioso ressuscitar com o espírito do corvo que realmente achei atractivo.
Eu estava familiarizada com esses aspectos paralelos ao filme. Brandon Lee marcou bastante a personagem, não só pelas suas origens, nem apenas pelos estranhos acontecimentos que circundam a sua morte, mas pela actuação em si. Mas, ainda assim, cada vez que penso em “o corvo”, vem-me à mente Vicent Perez.
bjs

Andre Mansim disse...

Esse filme é um Cult, o mais sombrio dos filmes, pena que as continuações não foram tão boas!

thayna mello disse...

nossa eu amo esse filme assisti o filme the crow e corvo vingança maldita esse filme me emociona muito não existe sustituto pro brando lee ele é o corvo tanto como personagem como pessoa
eu acho muito linda essa historia sempre me emociono.

Anônimo disse...

muito legal, adoro filmes de terror e suspense e o corvo esta entre os 5 melhores na lista dos meus preferidos.

Postar um comentário