15 de dez de 2010

Harpya: Curta de animação/ terror de Raoul Servais

O curta metragem belga de animação/ terror Harpya é dirigido por Raoul Servais
A história é sobre um homem que está andando nas ruas e escuta os gritos de uma mulher. Ao salvá-la, viu que na verdade a criatura é uma harpia, uma ave branca, mas com cabeça e seios de uma mulher.Ele leva a ave para casa, mas começa a ter problemas com comida, tamanha era a fome da criatura. A ave come toda sua comida e ele morrendo de fome, toda vez que tentava comer algo escondido, a ave o encontrava.Chegou uma hora que era tanta a fome da ave que comeu até as pernas do homem.







Para fazer o filme, Servais usou uma técnica diferenciada que trouxe um efeito estranho e sombrio às cenas, e até mesmo um toque bizarro.
O curto ganhou  a Palma de Ouro de melhor curta-metragem no Festival de Cannes em 1979.
Como o tempo do filme é de apenas 8:35, coloquei o vídeo inteiro, para quem tiver curiosidade de assistir. Espero que gostem!


12 comentários:

Anônimo disse...

Sensacional!

Dá para filosofar por horas sobre o filme, adorei!

Att.

@fuyenrique

Andre Mansim disse...

Puxa... muito maluco...
Acho que vc poderia colocar aqui uns downloads de filmes épicos de terror tipo os do Boris Karlof, Bella Lugosi, etc.
Falando em Bella Lugosi vc conhece a musica do Bauhaus Bella Lugosi is dead? Puxa é muito maluca, parece que ela por ser grande e repetitiva ela meche com a gente!!!

João Victor disse...

Nossa, show de bola esse filme, você poderia disponibilizar downloads de filmes como esse, seria ótimo para adoradores de filme de terror como eu, parabéns!

http://limaocommandioca.blogspot.com

Goticus Eternus disse...

Bah Denise cada vez mais show o blog, parabens linda guria.....
bjo gotico

Roderick Verden disse...

Pô, q imaginação! Deve ser muito legal o filme, original mesmo! rs
Beijos

joaormartins2009 disse...

Nossa que coisa mais louca,muito bom.

Leka Gothic disse...

Bem criativo, mas ao mesmo tempo meio sombrio!
Quem em sâ consciência iria levar um bicho daquele pra casa!Hehehe!

bjs e adorei o post!

Nicelle Almeida disse...

Genteee, que história louca! Nunca tinha ouvido falar deste curta. Sempre aprendo bastante por aqui =D

Um beijão, querida.
Te espero lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Lady S. Skull disse...

Adorei! Ao mesmo tempo que soa amador tem esse toque bizarro que dá um arrepio a mais!

Finalmente consegui dar uma passadinha aqui, estou te seguindo a pouco tempo e pelo que olhei meio por cima, seu blog é incrível. Com certeza será minha próxima recomendação de leitura!
Parabéns!!

CRIS :) Soares Micussi disse...

Muito louco esse filme, adorei os efeitos que o diretor usou, deu uma certa estranhesa que caiu muito bem pra história.

Cris Mitsue disse...

Recém te respondi lá no Nostálgico no post do curta metragem que tinha postado :D E recém vi "Harpya". Bom, como ja tinha escrito por lá, gostei bastante do curta, tem um tom bastante sombrio e cheio de suspense. Me lembra bastante um filme do Hitchcock, Os Pássaros, dessa coisa bastante macabra que o filme passa pra gente em relação a situações como é mostrado no curta.

Os efeitos do curta estão muito bons, ainda mais pra época, que os recursos de efeitos eram escassos se comparado aos dias de hoje. Uma coisa interessante que notei, foi que a ave se assemelha bastante com a imagem que fazemos da famosa "Morte", por assim dizer, "Dona Morte". E não deixa de ser, já que a criatura inferniza tanto o homem, a ponto de comer ele.. literalmente, e deixa o cara todo atormentado. Vai ver são apenas alucinações, projeções do subconsciente dele, que são criaturas bizarras para representar todo essa loucura de pensamentos e medos do seu próprio "eu".

Bom, é isso. Muito bom o curta! E passarei mais vezes por aqui :D Beijocas

Vlad Raphael Dracul disse...

Tão sutil e macabro,foram quase 9 minutos de perfeição.

O cinema é uma arte,e aqueles que sabem lidar com essa arte,produzem filmes lindos como este.

Parabens pelo post!

Postar um comentário