19 de set de 2010

A arte macabra da guerra - Otto Dix

Otto Dix foi um pintor expressionista alemão que costumava pintar nas trincheiras na I Guerra Mundial, mas posteriomente ele foi proibido de pintar e expor suas obras por serem consideradas "arte degenerada".
Ele se inspirou em Goya, que retratou a guerra do povo espanhol contra o exército invasor de Napoleão Bonaparte. A diferença é que Dix participou da guerra e revelou os efeitos em sua arte, o que resultou em um trabalho grotesco e macabro.







4 comentários:

Seyal Layes disse...

Nossa! Ele soube mesmo ser realista. Mas, como sonhar em meio a guerra?
Muito bom o seu texto. Você faz artes?
ah estou te seguindo também e está atualizado lá ta? bjim e fica com Deus!
http://paginazabertas.blogspot.com/

Thânia Katiuce Cruz disse...

Eu entendi mal, ou ele pintava no meio da guerra?! Porque se for isso mesmo, ele tinha uma tremenda coragem...
Obrigada por visitar meu blog, já estou te seguindo também (:
Beijos.

perplife disse...

Eu também entendi que ele pintava no meio da guerra. Enfim, conseguiu retratar um certo realismo nos quadros. Talvez essa arte não seja macabra, apenas realista. Uma realidade que ninguém quer ver e que todos tem medo.
perplife.blogspot.com

Nicelle Almeida disse...

Poxaaa, ele pintava nas trincheiras? Isso sim é inspiração, viu. Também, com um cenário de guerra, n dava pra sair coisas diferentes dessas, né? =/
Um beijo, querida.
Me visita? Está atualizado!
www.nicellealmeida.blogspot.com

Postar um comentário